Andrei Barros Correia em 31/12/10

A Petrobrás decidiu rebatizar o Campo de Tupi – imensa reserva de óleo em águas profundas – Campo de Lula, em homenagem ao Presidente que despede-se do poder amanhã. Rapidamente, as oposições raivosas e pseudo-democráticas acusaram essa bobagem de ser um grande absurdo. Especificamente, um dos próceres do oposicionismo neo-fascista, um diligente escravo a serviço […]

Continue lendo sobreCampo de Lula: assim será batizado pela Petrobrás.

Andrei Barros Correia em 31/12/10

Posts relacionados:Sem posts relacionados.

Continue lendo sobreA beleza das formas de Niemeyer: o Palácio do Itamaraty.

Posts relacionados:Sem posts relacionados.

Continue lendo sobreA beleza das formas de Niemeyer: a Catedral Metropolitana de Brasília.

Andrei Barros Correia em 30/12/10

Por Sidarta Lamento informar, de antemão, que alterei os nomes de alguns dos personagens dessa estória, que é real, pois penso que ainda não devem estar todos já mortos. Peço perdão às famílias dos personagens, se forem reconhecidos, mas não resisti em não contar esse fato histórico, ilustrador e divertido que ouvi de um conhecido […]

Continue lendo sobreUma sessão espiritista tumultuada, em Anus Mundi.

Por Sidarta Em Anus Mundi não tinha bispo, mas havia alguns padres de várias tendências políticas e sociais, e até de diferentes opções sexuais. O padre Almiro, por exemplo, andava de lambreta e quase sempre com uma paroquiana ajudante de secretária do tributo à garupa. Disse certa vez o cronista Leo de Picos, que o […]

Continue lendo sobreO Bispo, o padroeiro da cidade e os índios, na procissão em Anus Mundi.

Jorge Rafael Videla, de oitenta e cinco anos, foi o cabeça do golpe militar de 1976, na Argentina. O regime que ele inaugurou foi responsável por 30.000 desaparecimentos. Foram muito longe em torturas – aprendidas com professores brasileiros, inclusive – e em assassinatos vis, como, por exemplo, por meio do lançamento de gente ao mar, […]

Continue lendo sobreArgentina dá exemplo novamente. Videla é condenado à prisão perpétua.

Andrei Barros Correia em 19/12/10

Contribuição de Leo de Picos para a coletânea literária de Anus Mundi, Piauí …corria o final da década de 50. Enquanto o mundo se maravilhava com o sucesso do programa espacial da União Soviética e o Brasil efervescia com a Bossa Nova, a longínqua cidade de Anus Mundi, confins do Piauí, vivia o seu negro […]

Continue lendo sobreO coletor fanhoso. Mais um episódio anus mundense.

Andrei Barros Correia em 19/12/10

Minha mãe esteve por trinta e cinco dias em Montpellier, na casa de uma grande amiga dela. Esta amiga tem cidadania francesa e, recentemente, teve diagnosticado um câncer de mama. Sorte imensa dela que se encontra em França e não nesta selva mal disfarçada que é o Brasil. À amiga foi assegurado por um médico […]

Continue lendo sobreSaúde: aqui e algures

Andrei Barros Correia em 18/12/10

Como o Brasil é africano. A expressão corporal é a mesma. E as imagens… Posts relacionados:Regasu, por Mayra Andrade.

Continue lendo sobreTunuka, Mayra Andrade.

Andrei Barros Correia em 18/12/10

Dolceza criola. Posts relacionados:Tunuka, Mayra Andrade.

Continue lendo sobreRegasu, por Mayra Andrade.