Esta frase transcrita no título torna-se, a pouco e pouco, tão frequente quanto o consagrado Deus é fiel. Na verdade, serve-lhe de subtítulo, a acrescer lógica de rancor, comércio e mesquinharia ao que originalmente era apenas um vazio enorme. Está em carros de adeptos de seitas evangélicas não históricas e, quase de regra, em carros […]

Continue lendo sobreCarros com adesivos religiosos. Sua inveja é a razão do meu sucesso!

Andrei Barros Correia em 25/09/15

Este blogue ficou fora do ar alguns dias. Fez alguma falta? Não sei e, na verdade, acho que não, do ponto de vista da necessidade de alimentação de novidades, o que move a maior parte de quem anda a ver coisas na internet. Esse, afinal, não é um sítio de novidades. Aqui não há furos […]

Continue lendo sobrePor que faz? Porque pode!

Andrei Barros Correia em 17/09/15

Júpiter enlouquece primeiro aqueles a quem quer perder. Supostamente Eurípedes. As Luzes, no século XVIII, tiveram a extravagante pretensão de ter expurgado do âmbito legítimo de cogitações a metafísica. Alguns, menos audaciosamente, pretendiam tê-la mantido no seu lugar próprio, na zona localizada entre o mito e a fé. De qualquer forma, a ela não era […]

Continue lendo sobreO altar da Metafísica.

Andrei Barros Correia em 01/09/15

Agosto é um mês terrível no entre-douro-e-minho. O calor é infernal e os dias são demasiado longos até para quem gosta deles longos. O sol é inclemente e fico a pensar na quantidade de problemas cutâneos que terão no futuro os locais e os europeus do norte, todos a sonharem com uma tez acobreada, que […]

Continue lendo sobrePrends la soupe, petit garçon!