Infâmias

Andrei Barros Correia em 04/08/17

A classe média é o eixo de transmissão do poder. Não é ela que toma as grandes decisões, evidentemente, mas é ela que permite executar os planos dos reais detentores do poder; é instrumental, enfim. Isso deve-se, em parte, ao fato de ocupar os postos chaves da burocracia estatal. Nesta classe estão os formuladores de […]

Continue lendo sobrePor medo e ignorância.

Andrei Barros Correia em 04/10/16

Para liquidar um grupo político que se definia basicamente como nacionalista e afastá-lo do governo, deu-se um golpe de Estado judicial, no Brasil. A origem mais remota do movimento golpista é externa, assim como a tecnologia usada, que foi inovadora na nossa história. A fermentação de grupos burocráticos estatais compostos de fariseus a bradarem méritos, […]

Continue lendo sobreTerra arrasada, implosão e caos.

Andrei Barros Correia em 02/05/16

Os patrocinadores externos do golpe de Estado no Brasil querem receber sua parte primeiro e o mais rápido possível, afinal foram eles que proveram as condições materiais necessárias ao sucesso da empreitada. Os deuses têm pressa, além de sede, claro. O exemplo argentino não permite dúvidas ingênuas ou pseudo-ingênuas sobre a velocidade e a ferocidade destes […]

Continue lendo sobreO assalto será rápido e feroz.

Andrei Barros Correia em 21/04/16

Urubu tá com raiva do boi E eu já sei que ele tem razão É que o urubu tá querendo comer Mais o boi não quer morrer Não tem alimentação Não sei se Anauld Rodrigues e Chico Anysio, quando compuseram a letra cuja estrofe central está em epígrafe, tinham a percepção de quão genial ela é. […]

Continue lendo sobreO golpista envergonhado.

Andrei Barros Correia em 10/03/16

Acentua-se nas camadas médias da sociedade e principalmente naqueles instalados no serviço público a rejeição à democracia, seja explícita ou disfarçadamente. No estágio atual, as rejeições explícitas são minoritárias e isoladas em grupos extremistas de pouca elaboração narrativa. Prepondera a rejeição à democracia da maneira mais vil e desonrosa, que é mediante o disfarce e […]

Continue lendo sobreO monstro corporativo e a rejeição à democracia.

Andrei Barros Correia em 04/03/16

O golpe judicial-mediático segue um guia muito bem definido e hoje promoveu o sequestro do ex-Presidente Lula para humilha-lo. Falou-se em condução coercitiva para prestar depoimento à polícia federal. Ocorre que o sistema jurídico desconhece condução coercitiva de quem não se recusou a ir depor. Montou-se uma encenação digna de filme ruim de hollywood; uma […]

Continue lendo sobreO sequestro do ex-Presidente Lula.

Severiano Miranda em 03/01/16

Esse último ano certamente me deu pena do rapaz que teve que preparar uma retrospectiva da política nacional brasileira. Foi um ano intenso, e a cada novo acontecimento de seus últimos dias o ano mais parecia um seriado em que o roteirista brincava de ligar as pontas soltas do ano todo. Também nesse ano, mais do […]

Continue lendo sobreUma questão de gênero.

Andrei Barros Correia em 27/12/15

Presentemente, duas corporações investem contra o desenvolvimento social, econômico e institucional do Brasil: a imprensa e o judiciário. É até difícil saber qual é pior, mas é certo que da imprensa, como instituição majoritariamente privada – ao menos na aparência – não se espera grande coisa, exceto se se for muito ingênuo. Na verdade, vistas […]

Continue lendo sobreJudiciário: caríssimo e gerador de instabilidade.

Andrei Barros Correia em 08/12/15

Para os reais patrões do golpe de Estado que está em marcha no Brasil pouco importa que ascenda à presidência Pedro, Maria ou João; pouco importa que seja preto, branco, amarelo ou verde, desde que entregue o petróleo. Porém, para os agentes internos, políticos profissionais, importa muito, sim, quem ascenderá, porque o poder, mesmo num país […]

Continue lendo sobreMichel Temer entra no golpe.

Severiano Miranda em 13/11/15

Posts relacionados:Sem posts relacionados.

Continue lendo sobreMenos raiva em nosso mundo. #PrayforParis #Muslims #Paris