EUA

Andrei Barros Correia em 14/11/15

O último estudo do US Census Bureau diz que há, nos Estados Unidos da América, 47 milhões de pessoas na pobreza, o significa 14,8% da população. A pesquisa fez-se em 2014 e utiliza padrões de pobreza, linhas de corte – poverty threshold – já antigos. Consideram-se pobres os integrantes de grupos familiares de quatro pessoas […]

Continue lendo sobreContagem regressiva para o caos nos EUA.

Andrei Barros Correia em 01/10/15

O golpe de estado atualmente tentado no Brasil, contra o governo eleito legitimamente, segue em ritmo frenético e, por isso mesmo, confuso. A pressa constantemente tem por consequência a confusão, o que pode ser bom ou ruim estrategicamente, a depender das habilidades dos agitadores e operadores. É fundamental dizer claramente que este processo golpista – […]

Continue lendo sobrePorque o golpe está em regime de urgência.

Este texto foi originalmente escrito em abril de 2010. Era previsível que o processo histórico acelerado cobrasse aos EUA algum preço. A decadência é real, no sentido de perda de soft-power. A influência é exercida diversamente; não mais organizada e nitidamente, mesmo que por meio da guerra, mas por intermédio do caos, da destruição levada […]

Continue lendo sobreA morte de uma estrela. Ou, tentativa de compreender os efeitos da decadência norte-americana.

Andrei Barros Correia em 05/03/14

O ambiente natural do capitalismo é a selva, onde ele atinge o máximo de suas potencialidades. Regras, ordem, previsibilidade, fluxo mais ou menos normal das coisas, isso não é o adubo ideal do capitalismo. É preciso ter isto em vista quando se tenta compreender o que está por trás de um golpe de estado patrocinado […]

Continue lendo sobreUcrânia: para quem faz sentido a desestabilização?

Os EUA bombardearão a Síria em breve, por razões que não incluem a morte de sírios por armas químicas. Eles, os mandatários norte-americanos, nunca se preocuparam com a morte de ninguém, por qualquer razão e meio que seja; eles sempre promoveram matanças enormes quando isso lhes interessou. O problema não é esse, até porque provavelmente […]

Continue lendo sobreSíria: porque mísseis são melhores que discursos de direitos internacionais.

Andrei Barros Correia em 09/09/12

A maior parte daquilo que as pessoas respeitáveis e seu público fiel reputam teoria da conspiração não passa realmente de tolices. Geralmente, boas informações são precariamente conectadas, por pessoas que entreviram o escândalo mas não podem traçar suas linhas genéticas. Outra parte disso que se chama teoria de conspiração é precisamente o que ocorre, evidente, […]

Continue lendo sobreQuando o controle social passivo não basta.

Andrei Barros Correia em 29/04/12

Israel sob constante e perigosa ameaça! A distribuição da sensatez pelos grandes grupos socio-profissionais é relativamente equânime. Não é certo que haja muitos mais imbecis neste ou naquele grupo – clérigos, burocratas, militares, por exemplo – mas é certo que os papéis de certos grupos em determinado momento fazem-nos marcharem sob o ímpeto corporativo, o […]

Continue lendo sobreIsrael: ainda há gente sensata.

Os EUA já foram propagadores da democracia, das liberdades individuais e dos direitos civis. Isso estava na constituição deles, em termos muito claros. Na verdade, ainda está e o fenômeno é de desprezo aberto pela tal constituição. O que se vive nos EUA é precisamente o que os teóricos do estado de exceção preconizaram, ou […]

Continue lendo sobreEUA: acabaram-se democracia, direitos civis e liberdades individuais.

O texto que segue foi retirado do Video Rebel´s Blog. É um bom exercício de análise do que pode estar próximo a acontecer. A prova-lo, está o fato de amoldar-se quase à perfeição àquilo que se chama teoria da conspiração. Vale a pena a leitura. An American aircraft carrier in the Persian Gulf with its […]

Continue lendo sobreThere Never Was An American Empire Only A Machine That Consumed Us All Part II

Arrogância e ignorância juntas resultam no seguinte: três norte-americanos à volta dos 40 anos estavam no estado indiano de Tamil Nadu. Encheram a cara, na comemoração da passagem de ano, e julgaram estar em algum local de gente permissiva e, principalmente, submissa. Se estivessem no Brasil, teria dado certo, porque reunimos essas duas qualidades em […]

Continue lendo sobreArrogância com ignorância. Três norte-americanos bêbados na Índia.