Europa

Os EUA bombardearão a Síria em breve, por razões que não incluem a morte de sírios por armas químicas. Eles, os mandatários norte-americanos, nunca se preocuparam com a morte de ninguém, por qualquer razão e meio que seja; eles sempre promoveram matanças enormes quando isso lhes interessou. O problema não é esse, até porque provavelmente […]

Continue lendo sobreSíria: porque mísseis são melhores que discursos de direitos internacionais.

Andrei Barros Correia em 24/03/12

Antes dos pecados e dos pagamentos por eles, vai uma advert^^encia. O texto n~~ao ter´´a a grafia correta dos acentos agudo, grave e circunflexo e do til. ´´E problema de um v´´irus – um malware, para ser correto –  que infecta meu computador. Esse neg´´ocio ´´e absolutamente genial e sutil. ´´E o v´´irus mais destruidor […]

Continue lendo sobrePecar e pagar.

Acompanho a evolução da crise na Europa, cada vez mais temeroso das consequências políticas que se anunciam. As consequências econômicas e sociais, estas são previsíveis: empobrecimento e recuo geral das condições de vida. Não será fácil lidar com elas, pois os recuos de gentes que chegaram a níveis elevados de vida e gozam de padrões […]

Continue lendo sobreO discurso dominador reivindica cientificidade: o caso da eficiência e austeridade germânicas.

Severiano Miranda em 01/02/12

Começo esse post, com uma pergunta que me foi feita outro dia por Luiz Eduardo (@LuizEdRodrigues). Na ocasião discutiamos sobre a notícia recém dada de que a “Apple Store brasileira é a mais cara do mundo”! Segundo a notícia veiculada, a empresa que fez a pesquisa somou os preços (com impostos) dos modelos de entrada […]

Continue lendo sobrePor que é que tudo no Brasil é o mais caro do mundo?!

Leio no Público que planeiam-se manifestações de protestos em sessenta e sete países, para o dia 15 de outubro próximo. Que o lema dos tais protestos é unidos por uma mudança global e que serão pacíficos e que se referem ao 15 – M, que se dizia o início de uma revolução. Tudo bem, mas […]

Continue lendo sobreA indignação, os protestos, o anti-conformismo difuso do mocinho satisfeito, a que visam?

The only real solution to the Eurozone end-game is massive debt forgiveness and the resulting destruction of “too big to fail” banks, and a return to national currencies, which will enable structural imbalances to be resolved via currency devaluations. This will of course destabilize the German export economy; but that is inevitable. “Extend and pretend” […]

Continue lendo sobreA única solução. Retirado do texto The Dynamics of Doom: Why the Eurozone Fix Will Fail, por Charles Hugh Smith.

Andrei Barros Correia em 27/07/11

Sugiro que o texto adiante leia-se com mente aberta, com mente que recorra às informações que dispõe – se delas dispuser. Que o leia a pensar, para não perder mais uma de tantas coisas claras que a limitação leva o vulgo a ver como complicação ou alegoria divertida e ociosa. Tomei a liberdade de transcrever […]

Continue lendo sobreDesmame democrático.

As congregações de sábios inquestionáveis, como o Banco Central Europeu, a OCDE, o FMI, recomendam aos países europeus: baixem salários e aumentem impostos sobre o consumo. Muito bem, não é estranho que façam tais recomendações, porque sabe-se bem a que servem. Estranho é esse mantra ser adotado e repetido como fórmula imutável de invocação dos […]

Continue lendo sobreEuropa: baixar salários e aumentar impostos. Eles só pensam nisso?

Nesses tempos de crises financeiras divulga-se que todos devem prestar culto ao ajuste fiscal, à redução das despesas do Estado, à elevação das idades de reforma, à redução das ajudas sociais, à austeridade, de forma geral. Ninguém, por outro lado, deve ousar lembrar-se que os bancos foram salvos da falência com dinheiro de todos, tomado […]

Continue lendo sobreEscravos dos bancos deviam perceber que a realidade desmente o discurso. Ou, cliente falido não compra!