Fascismo

Andrei Barros Correia em 02/03/17

É facílimo acostumar-se à liberdade de costumes e acha-la coisa natural, como a erva que brota sem aparentes semeadura e rega. Contudo, a liberdade de costumas é coisa bem outra, é obtida em processos tão lentos quanto penosos e, o que poucos lembram, é reversível. As classes médias são, em sua grande maioria, polarizadas por […]

Continue lendo sobreA extrema direita é um problema da direita.

Andrei Barros Correia em 06/11/16

Posts relacionados:Sem posts relacionados.

Continue lendo sobreArte contra o fascismo: play la Marseillaise, play it!

Andrei Barros Correia em 12/04/16

Em 12 de outubro de 1936 dava-se a Festa da Raça, na Universidade de Salamanca, com a presença, entre vários outros, do Reitor Miguel de Unamuno, do Bispo de Salamanca Plá y Daniel, da senhora Franco e do general Millán Astray. Unamuno, convém aponta-lo, havia apoiado a invasão da República pelas tropas africanas do general […]

Continue lendo sobreVenceréis, pero no convenceréis.

Andrei Barros Correia em 13/10/15

Inicialmente, a advertência sempre necessária: o homem-massa ocorre tanto entre os pobres, quanto entre os ricos. Ele não é causado, nem é causa da luta de classes. Esta última sempre houve; o primeiro é assustadoramente novo. Tocqueville traçou-lhe o esboço, surpreso que as palavras despotismo e tirania não servissem à perfeita caracterização deste tipo ameaçador […]

Continue lendo sobreO homem-massa não pensa, projeta-se.

Andrei Barros Correia em 20/03/14

Tenho enorme receio de ocasiões propícias para conversas indesejadas. Muito embora o mutismo a me caracterizar quase sempre afaste as pretensões tagarelas de desconhecidos em lugares públicos, sempre haverá os tolos mais tenazes e necessitados de expansão. A fila no supermercado é, talvez, o local mais arriscado para quem tem estes receios de contatos aleatórios […]

Continue lendo sobreConversa com um tolo fascistóide.

Andrei Barros Correia em 22/02/12

Posts relacionados:O Brasil não é um país sério: racismo na Universidade Federal do Maranhão.Racismo no Brasil.Alegoria da decadência norte-americana.

Continue lendo sobreMiguel de Unamuno, sobre fascismo e racismo.

Andrei Barros Correia em 10/01/11

Texto originalmente publicado aqui, em 27 de abril de 2010, sob o despropositado nome de A morte de uma estrela. Dois processos de morte distinguem-se, conforme sejam as estrelas grandes ou pequenas. Tanto as grandes, quanto as pequenas, vivem da fusão de núcleos leves, de hidrogênio e de sua variante, o hélio. Ambos são muito […]

Continue lendo sobreAlegoria da decadência norte-americana.